12/06/14

Motivação


Sim, sim estive ausente... fiz uns cursos de motivação e liderança, conheci pessoas maravilhosas que me ajudaram a ver além umbigo e a tatuar na alma que a felicidade depende de mim e vem de dentro.
Assim, e com toda esta motivação decidi fazer um curso de auto maquilhagem que me permitiu valorizar o meu eu exterior e ficar com melhor "aparência" para a apresentação pessoal do meu ser. 
Percebi que cuidar de mim não é vaidade, é necessidade de dar ao meu corpo o conhecimento de que o amo e valorizo, é pedir desculpa pelas ausências e maus tratos, é valoriza-lo e ama-lo. O facto de eu cuidar de mim permite-me ter este tempo só meu, uma comunhão e conhecimento da minha pele, dos meus poros, dos meus sonhos. 
Dizem que ser não é parecer, mas descobri que se eu parecer feliz, acabo por interiorizar esse estado e sorrir - ah, descobri que sorrir fica-me bem! As coisas que se aprendem quando estamos mais alerta para o que nos rodeia.

07/05/14

Definir o meu destino


Afastado do blog, do artesanato, à procura do que me faz realmente feliz. Deixei que a vida me fecha-se determinadas portas, mas agora, aos 35 anos de idade não quero perder um único segundo com coisas sem importante.
Quero voltar a seu eu mesma, estudar, crescer, evoluir. E este processo de desabrochamento já começou! Vou retomar os estudos, fazer o Mestrado em educação de Adultos e Desenvolvimento Local na Escola superior de Educação de Coimbra. 
Como não tenho um fundo para o pagamento das propinas, proponho-me a vender todos os livros que adquiri aos longo de 35 anos. Salvaram-me uma vez e salvar-me-ao mais outra vez. 
Assim, apresento-vos o Páginas Tantas - o meu projecto de empreendedorismo pessoal. 
Podem comprar, trocar ou doar livros comigo sabendo desde já que TODA a verba conseguida será para o Mestrado
Para mais informações: apaginastantas@sapo.pt

18/12/13

Por entre agulhas, linhas e tintas vou tentando retomar a "minha normalidade". Foi com muito carinho que fiz este fraldário. Fui mais paciente, tentei deixar os pormenores mais perfeitos. 










20/07/13

Fráldário



Durante a minha "clausura" fiz uma encomenda muito especial, para 2 meninas muito especiais (a mãe - que por algum tempo tive a sorte de partilhar a "família" e a filha, porque no meu intimo sinto que deveria ser minha sobrinha. Mas a vida tem destas coisas. Resta-nos viver e reconhecer as dádivas que a vida nos dá.
Assim, aqui fica um fráldario de madeira com a técnica de decoupage.

(Felizmente temos nova encomenda em mãos que daqui a uns dias irá para o Alentejo)

De volta

Quase 1 ano depois voltei!
Foram tempos difíceis, de mudança, crescimento, (arrependimento), mas estou de volto e isso é a única coisa que interessa por agora.

08/09/12

Férias..

Ando a sonhar com as férias que teimam em não chegar... já sinto o corpo e a mente a desobedecer...
O que me custa durante o verão não é a inveja de ver meio mundo de férias (especialmente quando moramos no algarve e metade do país se "muda" para cá... o que custa é as filas de transito, a falta de estacionamento, as filas de supermercados  e a falta de civismo dos "turistas"....desfilam nas passadeiras devagarinho, como se algo ruim os espera-se do outro lado, gritam na praia como se estivessem sozinhos, andam nas ruas de braço dados (familias de 7 e 8 de cada vez, de tal modo que se precisares de os "ultrapassar" tens de ir para a rua porque teimam em não te ver.... falatm com tom superior com os empregados de mesa/balçao...
Mas a medalha vai para os pseudo "aveces" que teimam passar por importantes e chiques nos restaurantes, fingem ser franceses e torturam os funcionarios com os seus "je ne comprondre pas" mas depois pedem botelhes de vinho tinto e pedem aos filhos "teut toi" ou levas nas trombas... meus amigos... não havia necessidade...
As férias de uns, tortura de outros....Mas as minhas férias estão a chegar!!! Vou descansar, vou a praia em pleno inverno, vou tirar fotos de chinelo no pé (com peugas)!!

23/08/12

A regressar revigorizada

Tenho estado ausente... por momentos escondi-me no meu casulo e aproveitei para crescer. O cansaço, a decepção e a pressão tomaram por instantes a minha vida. Optei por me afastar e com esse afastamente reconheci a verdade de algumas pessoas. Ao mesmo tempo que destralhava a casa, destralhava a lista "social" - fartei-me desta geração "feijão frade", tudo com 2 caras.
Sinto me mais sozinha é verdade, mas mais leve, o meu tempo é demasiado precisoso para ficar a pensar no porque de algumas situações. As pessoas são como são e mais dia menos dia a mascara cai e a falsidade toma lugar. O lado positivo é que a verdade por muito dolorosa que seja permite que faças um luto e depois avançes e crescas.
Quase que agradeço a todos os que nos ultimos meses me decepcionaram... deram-me força, coragem e mostraram-me que sou fiel aos meus principios e muito mais forte do que eu pensava. Quando pensavam que eu estava na lama....eis que me levanto, sacudo e fuck you!!!
Actualmente sinto-me mais forte, a minha auto estima cresceu!!. Foram tantas mudanças em tão pouco tempo. Tenho um projecto profissional em mente, a casa em fase de destralhamneto, muitas rotinas implementadas, estou mais organizada e muito mais feliz
Estou de volta!!

07/06/12

Arte de uns, lixo para outros

Sabem quando não desenhamos e diemos que não sabemos desenhar?? Ou não pintamos ou não fazemos alguma coisa?? Que medo é este que nos trava e nos impede da felicidade? Ou pior ainda estamos felizes mas achamos que não somos dignos e merecedores dessa felicidade... isso empede de viver e sobreviver arrastando me nas malhas da infelicidade nao é uma opçao...
Sinto me incompleta, sinto que ainda não encontrei a minha vocação e que cada dia que passa foi mais um que desperdicei...
Que medo é este?? Percorrendo a internet vejo perfeitas aberraçoes (no meu prisma), em feiras de artesanato vejo coisas e penso que EU jamais pederia dinheiro por aquilo, nem dado lol mas afinal aquelas coisas, aquelas pessoas tem o que eu não tenho - coragem para avançar e uma profunda crença no seu potencial.
A nossa visao sobre as nossas coisas é sempre mais critica do com as dos outros, connosco somos mais criticos, mais exigentes, chegamos mesmo a ser maus.
Muda o disco, acorda para a vida!
De vez em quando afasto me um pouco, a minha vida gira e gira, uns dias com mais trabalho, outros com mais stress, outros com mais cansaço.... ultimamente tem sido o cansaço e a decepção, algumas pessoas deixaram finalmente cair a máscara  e o choque foi doloroso... é o que dá ser "cega" e achar que as pessoas são  verdadeiras... a verdade é que são interesseiras e todos os outros considerados descartaveis, necessarios de conservar apenas enquanto te interessam ou não encontras algo melhor.
Mas como todos os pontapés me empurram para a frente aqui estou eu novamente a sacudir o pó das canelas e mais certa de mim mesma, sei o que sou, o que meu valor!
Assim e nesta onde de me, myself and i aproteito a dica da Jean e tento afastar me de mim mesma, da mulher ocupada a trabalhar, a cuidar da familia, a fazer rotinas, orçamentos domesticos, menus...  e com estes desassossegos esqueço me das minhas necessidades intelectuais e espirituais. Preciso de uns dias de férias de mim mesma, desta stressada personagem que habita em mim que não desliga o cerebro das coisas praticas da vida e nem por um minuto se catapulta para o seu eu...assim não deixo espaço a minha criatividade de surgir, não tem tempo ou espaço.... e eu preciso urgentemente de uma ideia luminosa, de um retiro espiritual e criativo, preciso soltar o meu outro eu.
Só para dar um exemplo, no secundário escrevia poesia, tinha o sonho de publicar... não escreve nada ha uns 10 anos, pedi-me algures por ai... e todos os dias me perco um pouco mais.



28/04/12

A ponderar...

Os ultimos dias tem sido de trabalho, de reflexão e de muita procrastinação mental. O meu "salto" não correu da melhor maneira, mas ainda ssim não vou desistir já. Está mais que na hora de mudar e de sair do lugar, e dessa decisão não abro mão.
Embora esteja criativamente bloqueada não vou deixar que isso me deite abaixo, vou apenas diminuir os meus padrões e seguir em frente... pior não devo ficar certo?
O que provoca estes bloqueios é a minha procura insessante de um projecto perfeito, e na busca dessa coisa perfeita acabo por me perder. Portanto vou me sentar, rabiscar, projectar, analisar, corrigir, voltar a riscar. Dar um passo atras para depois dar 3 para a frente.
"O fracasso e um evento e não uma pessoa!" - William D. Brown
"A experiencia é o nome que se dá a todos os seus erros" - Oscar Wilde.
"Não tenho medo de errar, pois não há outra maneira de aprender a viver" - Alfred Adler

12/04/12

Balanço

Se isto não tem sido procrastinação.... a 12 de abril e ainda não fiz o balanço de março:
* as despesas do supermercado foram dolorosas (recebi visitas e a coisa não correu da melhor maneira)
* não terminei o casaco para a minha mãe
* não poupei
* baldei me um pouco como meu sistema FLY.... quase "caí da carroça"
* não fiz nada do que a médica mandou
Assim os sub objectivos de março passam para abril, sem qualquer remorço ou sentimento de culpa.

Sempre em frente

Tenho procrastinado em muitos campos da minha vida... mas tem dias melhores outros menos bons.
Mas hoje li um conselho fantastico:
"Você não tem que ver onde você está a ir, você não tem que ver o seu destino ou tudo o que você vai passar ao longo do caminho. Você apenas tem que ver dois ou três metros à frente de você.". Tão simples como conduzir um carro durante a noite, os faróis iluminam uns metros apenas, mas nós avançamos sempre para a escuridão, para a frente e á medida que avançamos vemos um pouco mais a frente. Assim deve ser a vida, em frente, sem medo, mesmo quando não sabemos o caminho.

06/04/12

Almodovar

Num passeio por Almodovar deparei-me com estas obras fantasticas feitas com reaproveitamento de sucata (na altura disseram me que eram sucatas vindas das minhas e/ caminho de ferro). Achei a ideia fantastica e as esculturas são fenomenais. Aconselho o desvio e a visita
O sapateiro

O carro dos bombeiros

Adorei a ideia do aproveitamento, adorei a criatividade.

Toponimia parte 2

Há uns dia atrás fui ver o Baja Carmim, e para não variar levei a maquina fotografica. A ideia inicial er tirar fotos a carros, motos e jipes, mas filizmente tropeçei na maravilha que são os nomes das nossas aldeias.
Se no sábado atravessei as solteiras...
No domingo cheguei perto das Viuvas (por acaso já tinhas estado nas Viuvas, mas na altura não tinha maquina comigo)

Semblana também é giro! (Foi perdida nestas terras de Almodovar que começei  a desfrutar o manjar que é borrego, obrigado pai por me teres enganado lol)

O sonho comanda a vida

O http://www.habitacker.com/ leva me hoje até ao 34 passinho.
DEntro de nós mesmos tenho a capacidade infinita de criar, desde a nossa infancia que que recolhemos dados, experiencias, sensações e pensamentos prontos a ser. POsso sempre fazer scrap comas minhas fotos e recordações, escrever sobre as minhas aventuras, criar historias com as personagens que passaram por mim (mundo o rumo de algumas coisas). Ninguem pode umpedir me de sonhar, nos meus sonhos sou eu que crio, sou eu que projecto, sou altamente feliz. Essa é a minha liberdade, o meu escape.

27/03/12

E como ainda não me reformei...

Quantas vezes me convenço que depois de(...) vou começar um projecto novo e vou mudar de atitude e vou começar a fazer qualquer coisa. Depois de terminar um curso, depois do natal, depois das férias... sempre o depois como desculpa para adiar e adiar até esqueçer. E os meses passam, os anos... eu já dei comiga ao telefone com uma outra Cenoura a comentar que quando me reformar.... Mas estaremos loucas? Reforma? Ainda terei de esperar no minimo 23 anos.... eu não posso esperar 23 anos para ser feliz nem para realizar projectos. Posso não durar 23 anos, posso ficar fisicamente incapaz, posso tanta coisa, o que não posso é esperar 23 anos!
Quando me reformar os netos e o inatel tomarão o meu tempo lol e depois fico sem tempo para os meus projectos.
Não espero mais tempo, vou largar o computador, vou buscar a minha listas de "Depois de... quero" e vou fazer antes que seja tarde demais. E não pensem que vou já fazer autocarabilismo, vou dizer a umas certas pessoas que as amo e são importantes, vou "cagar" em outras que me desgastam e vou curtir a vida. E olha eu, que tenho milhentos projectos. Fui...

Pedido de receita de "folar"

Este meu processo criativo passa por várias áreas.... e hoje sinto me inspirada para a culinária e para arriscar uma receita mais elaborada.
Sair da minha zona de conforto e arriscar me num folar de páscoa. Quem tem por ai uma receitinha super fácil que queira partilhar comigo??

25/03/12

"Olha o passarinho"

E chegamos lentamente ao dia 30 - Nem todos temos a sorte de escrever bem ou pintar... mas todos sabemos tirar fotografias (seja com a maquina ou com o telemovel), e ultimamente é o que tenho feito. Fotografo flores, pássaros, casas... fotografos sonhos e segredos. E com a minha máquina tenho visto as coisas com um outro olhar, mais simplista, mais agradavel.
A fotografia permite que assimile o ambiente que me rodeia com outra perspectiva. Faz me projectar para um mundo mais colorido e com isso ser mais feliz.

21/03/12

Na crise, crie!

Roubei esta foto da net, porque acho que traduz tenho o que tenho vindo a "apregoar". Na crise, seja ela pessoal, profissional ou economica. Na crise todos temos tendencia a renascer e a renovar a alma, redescobrimos em nós forças e capacidades que julgamos perdidas ou mesmo inexistentes. Nem todas as crises são negativas, o choque inicial abana, caimos mas depois é so levantar, sacodir o pé e seguir em frente.
Eu sei que doi, e que parece o fim do mundo o final de uma relação, o desemprego, o frigorifico vazio, mas sem tambem que desistir é uma opção. E nao desisto! tenho muita pena por quem torce pelo contrario, mas ainda não é desta que desisto.
"Em tempo de crise, tire o "s" e crie", obrigada Maria Luzia.

Criatividade o meu santuario

Se  minha criatividade é a minha alma gemea e religiao, está na hora de erguer o santuario. Nada de elaborado, um talisma, um livro, uma foto de algo que gosta. Pode aproveitar e escrever uma "intenção criadora" - porque cada vez que colocamos uma ideia, sentimento ou pensamento em papel, torna-se mais fisico, mais real. Enquanto escrevo o que quero vou sonhando e imaginando os detalhes. Guarde o seu talisma, e va olhando para ele. Vi obter mais força.
eu tenho a sorte de ter o meu "atelier", mas na realidade pouco ou nada lá faço, uso o para arrumar as tralhas, os materiais. Mas tenho um sofá preferido, uma manta preferida, um caderno de graças.

Desde que iniciei esta etapa criativa que uso o caderno das graças, serve para escrever as coisa boas que me acontecem e que eu dou graças por ter vivido, seja o sorriso de um desconhecido, a um dia de sol. A vida tem coisas boas e positivas todos os dias, basta abrir os olhos e deixa-las entrar. Se passar o resto da vida a chorar pelo que não tenho não vou ter capacidade de aproveitar o que tenho, não conseguirei dar valor ás maravilhas que me rodeiam. Sou em priveligiada em muitos sentidos e usar o meu tempo a chover pelo que não tenho vai fazer me perder o que tenho e ai sim, nada terá valido a pena. Essa é a a criatividade que espero para mim, conseguir ver as coisas maravilhosas e positivas e nelas encontrar a força necessaria para mais um dia e outro e outro.

19/03/12

A minha alma gémea? Criatividade

A criatividade é um trabalho com a alma, é a nossa alma gémea. Nela nos refugiamos e procuramos respostas, mimos e estimulos constantes.
Faça do seu momento criativo a sua religião (ou complemento), dedique-se, explore, seja fiel.
Quando estou a fazer algo criativo nada mais existe no mundo, apenas eu e nada mais.

15/03/12

Habitos

Saí do trilho, mas estou de volta.
Sempre ouvi dizer que para "criar" um habito ou rotina são necessarios 21 dias.... mas isso é tanto tempo. Desisto a meio e fico frustrada.
Assim vou esquecer os 21 dias e vou tentar ser criativa todos os dias e se me esqueçer de um não s«vou deisitir ou ficar triste, vou começar de novo (olha eu aqui a recomeçar aos 27 dias).
Tenho tentado aplicar os dicas, os diarios, os momentos de namoro comigo, e hoje mais que nunca venho decidida a reconquistar me novamente. A deixar de me abater por migalhas. Para ruim basta lá fora.
Retomei um WIP de ponto cruz que andava por ali perdido e está a avançar - podem cuscar aqui: http://www.cenouraemlinha.blogspot.com/, retomei as leituras, estou a terminar o casaco que é para oferecer a minha mãe (prenda de natal 2010 lol).
Voltei e agora não páro mais

12/03/12

Bola de Carne

Ingredientes:
- 6 ovos
- 2 chavenas farinha
- 1 colher chá fermento
- 1 chávena de leite
- 250gr carnes (bacon, chouriço, fiambre...)

Modo preparação:
Misturar tudo e colocar no forno aquecido.

Gosto muito desta receita para aproveitar restos de carnes.

Férias!!

07/03/12

Galão Nescafe

Chegou a minha amostra grátis do galão Nescafé. Testei esta manha e tenho a dizer que gostei imenso. (Um bocadinho doce), mas muuuuuito bom.
Cheirinho a galão, sabor a galão. Otimo para começar o dia.
Este passou o teste! Podem mandar mais!

04/03/12

Rituais criativos

O 26º passo ajuda nos a criar rotinas e a segui-las. Quando temos um determinado ritual faze-mos as coisas e pronto. Sem perguntas, sem porques. Simplesmente fazemos, é menos uma coisa em que temos de pensar.
O objectivo de determinadas rotinas é tornar o seu dia mais facil, com menos constrangimentos e mais tempo livre (mental) para se dedicar ao que quer realmente.  Tempo livre para sonhar, porque sonha faz bem a alma, torna nos mais felizes

Viver da arte..

Tenho andado meio ausente.. mas a vida tem destas coisas, mudanças, decepções. Mas como o caminho é em frente, vou tentar sacudir a poeira e entrar nos eixos.
Ser criativo é uma escolha que se faz. Eu não consigo viver as peças de decoupag ou crochet que faço, alias não conseguiria sequer tomar um café.  Mas depois  tambem tem o outro lado, sem este escape eu não suportaria este stress diário. Cada peça que faço, tento melhorar, tento aperfeiçoar e o escape acontece. Basicamente vivo para criar e não crio para viver. Conheço poucas pessoas aqui pela net que o conseguem, e admito que dessas tenho alguma dor de cotovelo, afinal a questão economica tambem é muito importante.
Sobreviver atráves da arte. Da libertação e  das alegrias que dai advem. Se nos pagarem para isso, melhor ainda.

26/02/12

Começa a guerra!

Está na hora de começar a guerra, de dizer basta a procrastinação, afastar de vez a preguiça e o medo de falhar.
É mais facil ficar a racionalizar do que agir... ficamos com medo e a nossa mente é invadido por "e se...", "mas", "não consigo". Chega!! Mude o discurso e faça se a vida. Sabem porquê? Porquê é assim que se passam anos em escitorios e em relações que não nos completam.
Será pior falhar por tentar ou ficar para sempre na ignorancia os "e se..." por mera preguiça?

Mente liberta

A 23Habithacker explica a necessidade de ter a mente liberta, andamos sempre em stress para não esquecer isto ou aquilo... na maioria das vezes esquecemos mesmo.
Use agenda, alarmes de telemovel ou o que for indicado para si e liberte se dessa opresao.
A criatividade vem de uma mente que está livre!
Segundo o autor Scott Belsky "todo o projcto de vida pode ser reduzido em 3 elementos: etapas de acção, itens backburner (sao aquelas ideias que vão surgindo e que registamos) e as nossas referencias(artigos, pesquisas e experiencias).
Liberte se do que não precisa ser transportado constantemente na nossa cabeça e que nos esforçamos para não esquecer e deixe entrar as ideias. Afinal, prefere deitar se a pensar que tem de pagara luz amanha ou ir de mente livre e pronta a sonhar?
A escolha é nossa

21/02/12

Cupões

Sempre que posso uso cupões nas minhas compras, tento adaptar os meus menus e as minhas compras e usar todos os descontos possiveis. Ultimante ando a aperfeiçoar a tecnica e a fazer um pouco mais de pesquisa e cada vez mais surgem no mercado oportunidade de desconto.
Para esta semana tenho:
* www.paramim.com.pt/ diversos cupoes
* couponxare (atraves do faceboock)- para axe (1€ e planta 0,60€)
* cupões de desconto do continente
* http://www.pantene.pt/ 1€ desconto
* galp (0,6€/litro)
* Burger king (deixaram na caixa de correio)
* Fairy - pedi diretamente

Para além deste cupões estou tambem a espera de uma serie de amostras de produtos:)
Perco algum tempo a fazer estas pesquisas e a programar as compras, mas no final vale a pena. Como este mês alterar o meu excel das despesas mensais, coloquei uma tabela para contabilizar a poupança que fiz pela utilização dos cupões.

PS. Tenho de fazer o teste do Minipreço, a minha mãe tem sempre muitos descontos.

20/02/12

Sonhos azuis

Tenho cada vez mais dificuldade em me concentrar e trabalhar na barafunda e organização.... deve ser caracteristica da idade ou mais uma vez o meu mau feitio a gritar por socorro.
Com a idade passei tambem a gostar de outras cores alem do preto - isro sim, sinal de senilidade...
Agora gosto azul. Acho os azuis lindos, relaxantes, inspiradores. Sabem a céu e a mar. Sabem a paz... sabem bem. Adoro casas decoradas a azul, escrever a azul.
Leher (autor de Proust era neurocirurgia) chega mesmo a comparar o azul a um bom banho quente. ambos relaxam e fazem nos sentir leves  e livres e essa leveza e liberdade permitem nos sonhar. E esse sonho é que nos faz seguir em frente. "O sonho comanda a vida"
Acho que é isso que eu preciso agora... um banho quente e sonhos azuis. Preciso sentir que fui eu que tomei as decisões e fiz as escolhas, preciso dizer a mim mesma que tudo é aprendizagem e que o que não nos mata torna mos mais fortes.
Em adolescente escria tudo o que sentia... cadernos e mais cadernos de poesia, depois os diários... algures pelo caminho fiquei com vergonha dos diários. Vergonha de escrever e mais ainda de quando relia o que escrevia e pensava que tinha sido ingenua e "burra" quando na realidade apenas fui sincera e humana.
Acho que me falta isso, essa escrita no diário, esse instante em que antes de escrever relembrava e refletia nos porquês. E mesmo ai, quando o meu mundo era preto... aí eu escreve para mim e a mim e era mais livre, mais leve. Despejava tudo no caderno e a minha vida seguia em frente....

Vou voltar aos diários!

18/02/12

Fim de semana

E a chuva regressou... com ela algumas mudanças de planos, mas ainda assim certas coisas tem de ser feitas.
* facelifting na casa - basta seguir a lista semanal, nao demora nada
* tratar da roupa (lavar, passar e organizar)
* fazer um bolo
* encontro de craft (missão criativa)
*carnaval a pedal (amanha e se nao chover)
* preparar a semana
* anti procrastinar
* decluter no atelier
* actualizar os blogs
Espero que seja um fim de semana calmo, a descansar em familia. Ando cansada, a precisar de férias, tenho de aprovaitar ao máximo estes diazinhos

16/02/12

Desisitir ou continuar

21 dias no sistema já chegamos a algumas conclusões, sendo que umas delas..... é que não vamos fazer todas as actividades ou planos que listamos. Está na hora de olhar a lista de DIY ou UFO´e e decidir de uma vez por todas o que vai e o que fica.
Isto de fazer listas só por fazer é uma perda de tempo, assim, use as suas listas e tenho o prazer de fazer ou desistir de vez.
Eu gosto de listas ( de tarefas, objectivos, compras) sinto me bem ao faze-las, ao concluimos e mesmo ao desistir delas pois aprendo sempre mais qualquer coisa sobre a minha pessoa. Com as listas vem os dias de anti procrastinaçao, o "date" com o meu eu.

O bom e a abundância

Habithacker sugere que a 20 se tome consciência do que temos de bom e o que temos de abundante na nossa mente criativa.
Quantas são as vezes que nos julgamos pouco bons em determinadas áreas, escrevemos mal, pintamos mal.... e depois tentamos, mostramos a algumas pesssoas e o fedback é que não está bom ou qua fazem melhor - para esses seres tão  "bons" os meus parabens!
Sinceramente estou um pouco farta do "ai e tal" não é assim que se faz, ou não presta, ou faço melhor.
Sinceramente ter esse tipo de pessoas em meu redor não me interessa.
E nisso eu sei que sou melhor porque tento, esforço me e supero-me. Não quero ser Picasso ou Ecco, quero utilizar o meu tempo em coisas que me agradam, me fazem feliz e relaxada.

Acho que é da idade ou simplesmente mau feitio... mas ultimamente não gasto muito tempo com pessoas que não interessam e que simplesmente se tornaram sanguessugas da minha energia. O meu precioso tempo é para mim e as coisas que gosto.

12/02/12

Tornar meu





Tenho estudado muito sobre técnicas, teorias, rotinas e rituais.... mas não sigo nenhuma a risca. Do que leio e pesquiso tiro e adapto o que me inspira e se adequa a mim. Se o objectivo é eu melhorar, evoluir e conseguir alcançar algum proposito, então tudo terá se se encaixar a mim e as minhas necessidades.
Adaptando já estou a criar e fica mais fácil de criar determinados hábitos porque reconhcemos a inportancia dos mesmos.
Eu nestas coisas sou uma "traidora", nem os esquemas de ponto cruz sigo a 100% (por vezes nem a 80%), mudo cores, faço traduções, elimino partes. Tenho de olhar e gostar de tudo, tem de encaixar no meu (mau) feito.
O objectivo das dicas é inspirar e melhorar mas sem nunca esquecerem que o que é bom para mim pode não o ser para os outros

09/02/12

Porque eu mereço

Todos nós gostamos e precisamos de momento só nossos, me, myself and i!!
Não é ficar na solidão é so um pequeno momento só nosso, um espaço nosso, sagrado, pessoal. Um momento sem que estejamos sempre a ser solicitados e interrompidos...
Pode ser um atelier ou escritório ou um simples café numa esplanada.
Arranje tempo e espaço para si. Sabe sempre tão bem

Declutter

Posso não controlar o tempo, ou o preço do gasóleo ou mágoas diárias que vão surgindo. Mas posso perfeitamente controlar a tralha das minhas gavetas. Essas posso virar do avesso, limpar com raiva, espançar até não dar mais e separar o que quero, o que não quero.
Deitar para o lixo sem dó nem piedade o que não vale nada, não é util, é feio e gorduroso e não tem espaço na gaveta.
O que fica, isso sim tem valor, tem espaço, mereçe estar arrumadinho num local próprio com espaço, e com a organização e cuidado que mereçe.
Ontem foi uma gaveta de talheres e afins, fiz um declutter de 27 itens e no fim sentei a olhar para ela feliz, leve e orgulhosa. Porque as minhas gavetas em controlo. Eu sei o que doar, o que arrumar e o que é lixo.

Resultará com com quem temos de lidar no dia a dia???